segunda-feira, 12 de maio de 2008

Segundas intenções existem, não estivessemos nós em Portugal

Galegos, 9 de Maio de 08

Querido Daniel,

Estou a escrever-te porque sei que tu também tens um gostinho especial pela política, assim como eu. E então como estás, nos E.U.A.? poderemos comparar a política dos nossos países e vermos qual o país mais avançado em termos do governo.
Eu, muito sinceramente, acho que o governo não podia ter sido melhor eleito! Com o Sócrates a primeiro-ministro, Portugal evoluiu a olhos vistos, e todas as suas decisões foram as mais acertadas, pois fechou maternidades, criou uma avaliação de professores, baixou o IVA de 21% para 20% e está tentando diminuir o desemprego.
Vou começar por te falar da avaliação de professores, sendo esta uma das melhores, se não a melhor, criação do Sócrates e da amiga, pois assim “obrigam” os professores a darem boas notas para manterem o seu posto de trabalho. Terão de ter um grande amor ao seu trabalho para agora serem enxovalhados por toda a gente pois, caso contrário, despedir-se-ão e podem ficar com uma depressão. Mas o que realmente Ele (escrevo com letra maiúscula, pois ele é como Deus) quer é que ninguém que vá para a universidade siga o ensino, para depois o governo poupar dinheiro nos subsídios de desemprego, e quando já não houver professores irá acabar com a avaliação de professores e estes ganharão outra vez a dignidade que está perdida!
Mudando de assunto, Ele e os seus amigos, numa das suas festas que toda a gente pode ver na televisão, decidiram fechar maternidades onde nascessem menos de 1500 crianças (a de Barcelos foi uma delas, porque só nasceram 1450) e agora existem crianças que nascem em ambulâncias. Fechar maternidades está correcto, pois assim irão ser compradas mais ambulâncias em boas condições (mas em 2ª mão) com o dinheiro que se poupa nos médicos e enfermeiras que assistem aos partos, conseguindo assim poupar muito dinheiro.
Por falar em dinheiro, e antes que me esqueça, o IVA vai baixar de 21 para 20%, mas os preços dos produtos irão continuar iguais pois os comerciantes não estão para ter trabalho. O governo fez bem em baixar o IVA, pois os comerciantes pensam que irão ganhar mais dinheiro, mas estão enganados: como irão ganhar mais dinheiro, terão de o declarar, por isso também mais vai ser o dinheiro que irão de entregar ao Ministério das Finanças e é como se o IVA continuasse a 21%.
Depois, como os comerciantes não vão ter grande lucro, irão para o desemprego. E a verdade é que Sócrates tem conseguido baixar o desemprego... como, ninguém sabe, mas eu desconfio de alguns métodos: como agora todos vão trabalhar para Espanha, o desemprego diminui e assim até o défice, pois não gastam dinheiro em subsídios de desemprego. Como se espera tantos anos por uma consulta médica, os doentes vão para Cabo Verde serem curados e, depois, como já vêem, não querem voltar para este país sem encanto visual e ficam por lá, ou então morrem antes da consulta e já não se tem de dar, todos os meses, as reformas e o dinheiro do estado é maior.
Vou-me despedir, pois por hoje já te disse tudo, espero por uma resposta tua.
Abraço da tua amiga

Soraia

P.S. - Em anexo envio-te um cd com umas coisinhas muito giras para nunca te esqueceres do meu ídolo!
video

5 comentários:

Soraia disse...

peço desculpa mas o video te um erro... só não o altero porque dá muito trabalho...
já agora tentem descobri-lo...

Fátima Inácio Gomes disse...

Bem... ainda não o vi com a devida atenção, mas gostei do quadro impressionista... absolutamente dentro do contexto! :D

Quanto à crónica... ainda não li! eheheh

Cláudia disse...

amanhã mostro-te onde reside a origem(inconsciente) desse acto falhado
"Sócrates no meu melhor"

...isto se me deixares.

Soraia disse...

está à vontade...

Fátima Inácio Gomes disse...

Mas é que é mesmo no "teu" melhor... porque só tu tens assim uns olhos, tão generosos... tu e todo o staff do governo! eheheheh

Está cheínho de ironia! :D Muito bem, Soraia!