quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Manifesto Anti-consciência




A ti, Consciência, que sempre foste minha, te devo cada noite mal dormida, cada erro da minha vida, cada decisão que não tornei minha por ti.

Em ti desprezo todas as vezes que me obrigaste a ser alguém que nunca me tornei, todas as ideias bastardas que me fizeste pensar serem corretas e acabaram em lágrimas.

Chega de me controlares a vida que pensas ser tua.

Chega de seres a razão de todas as minhas tristezas e agonias.

Basta de tentares manipular a minha felicidade e reduzi-la a simples sonhos.

Mas, lá no fundo, devo-te agradecer por me fazeres perceber que a vida não é uma ilha do extremo sul onde o sonho e a realidade se confundem, como dizia uma “Pessoa”.

                                  

                             por Diogo Silva, 12ºD



terça-feira, 3 de outubro de 2017

MANIFESTO ANTI-MANIFESTO



 Basta, Eu, basta. Um Eu incapaz de se ampliar e de moldar o palavreado é um Eu que nunca o foi. É um Eu que balança entre a corja dos que sabem que não sabem e a elite dos intelectualóides que fingem saber. Um Eu que não o foi e nunca o será.

 Pior do que me pedirem para fazer algo de que não gosto, é tornarem o que gosto numa obrigação. É sempre lúbrico quando é por iniciativa própria. No entanto, quando é a pedido de outros, a história do "estimular o Eu" já não motiva. Podia somente dispensar por aqui umas frases filosóficas e optar pela abordagem de Senhora Literata mas o suficiente não me chega.

Indecisa? Só quando tenho de tomar decisões.
Como é que querem que eu escreva sobre o que sinto se o que sinto está constantemente a eclipsar-se?O que sinto é tudo e é nada. É o ir e ficar, o querer e não querer, o amar e odiar. Se escolho um, sinto falta do outro. E aliada à minha inabilidade de ser singular, vem o impingimento de restrições que apenas agravam a dificuldade que tenho em expressar-me.
Não gosto da agressividade óbvia na escrita, gosto da sátira mascarada.
Não gosto de ter de lançar fogo de artificio a megalomaníacos.
Não gosto do peso da expetativa de uma póstuma homenagem a (ditos) Mestres da Literatura vinda de apenas dezassete anos de existência. 
Não gosto de malgastar papel nem tempo em tentativas falhadas de imitar quem não sou e aquilo em que não acredito.

Que morra o estar entre o querer fazer bem para impressionar e o querer virar do avesso para devolver o aborrecimento. 
Que morra a mediania. 
Que morram as exclamações exageradas.
Que morra a inquietação de querer contrariar apenas o que não pode ser contrariado. Que morra a pressão por mim criada. 

Pim.



 por Inês Machado, 12ºB


Manifesto Anti- Eu “ismo”





Olhei para a vida
E não gostei do que encontrei.
Hipócritas, Egoístas e Ninguéns
Mal-amados, mal tudo, mal nada
Que na cultura do nada
Se acham tudo.

Vazios, pensei…

Verborreias mentais
Cheias de hedonismos,
Reinam-se a si próprios
E aos seus ismos.

Infelizes, direi…

Abaporus da alma humana
Abocanhadores das fragilidades dos “eu-istas”.
Culpam os deuses, os políticos, os fora da lei
Sei lá! O que direi?

Ah! Odiei
Odeio a ideia de odiar
Odeio quem odeia
Mas como,
Se não odeio ninguém?

Tristes, miseráveis, estúpidos até…
Imundos da sua própria dor
E eu pergunto porquê.
 São poetas da sua hipocrisia,
São filósofos na sua moral,
São indiferentes,
 São Narciso. São Narcisos!
Drogados de modernidade nas suas vis futilidades,
Acrobatas das emoções,
Navegadores das suas próprias marés,

Quem és?

Numa flatulência intelectual em tais abortos de inteligência
Com uma má educação que se confunde com irreverência.
Julgam ter asas, mas não sabem voar
São cegos e surdos, mas mudos nem pensar.
Vivem das suas palavras e sabem tão bem julgar,
São defensores da espontaneidade,
mas não conhecem a água em que se estão a afogar.
Donos do mundo,
Nem sabem onde estão,
Porque no fundo,
Nem sabem quem são.

Basta!

Porque já diz o poeta,
Só sei que não vou por aí.



Maria Pires, 12ºH













Manifesto Anti-Massificação


Os massificados vão discordar…
Numa época em que os mass media são uma fonte primordial de informação e comunicação, em que, cada vez mais, as pessoas querem viver uma vida que não é a sua… desejam possuir o que, por vezes, não está ao seu alcance… onde PARECER é mais importante do que realmente SER… é imprescindível fazer soar o alarme!
Chega de ser CÓPIA ou MERA REPRODUÇÃO do que vemos à nossa volta!
Onde está a individualidade, a originalidade, o sermos nós mesmos?
Desde quando é que o que interessa é agradar os outros?
Porque é que não podemos ser NÓS MESMOS, com os nossos defeitos, com os nossos gostos (ou até falta dele #Reggaeton), com o nosso estilo e personalidade?
Para quê valorizar a cópia, quando a originalidade é muito melhor?!
Um dos exemplos mais claros dos nossos dias é a música.
Porque é que toda a gente ouve e é super-fã de kizombadas e despacitos?! Mesmo sabendo que há pouca sabedoria nesse tipo de música? Será que gostam mesmo, ou vão atrás do que é moda?
Vários estilos de música como, por exemplo, o rock e o jazz, estão a ser enterrados por estes tipos de música que, se ouvirmos com atenção (o que é prejudicial para a nossa saúde mental, pelo menos), é toda igual!
 Uma outra coisa que temos de aguentar é a geração dos Iphones!
Todos têm de ter um Iphone, senão a vida social desaba!
Deve ser excitante atender uma a chamada num Iphone (mas ninguém usa o telemóvel para fazer chamadas hoje em dia)
Até escrevia mais, mas não sou nenhum Pedro Chagas Freitas a escrever qualquer coisa tipo 50 Sombras de Grey!



Leonardo Andrade 12ºB

MANIFESTO ANTI KIM JONG-UN


Basta pum basta!

Um país que consente deixar-se representar por um Kim Jong-un é um país que nunca o foi! É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de loucos e de tristes, e só pode parir abaixo de zero!

Abaixo a ditadura!
Morra o Kim Jong, morra!

Um país com um Kim a ditador é um retrato de ignorância.
Um país com um Kim a líder é um país que não se pode expressar livremente.

Kim Jong-un é um egoísta.
Kim Jong-un é um desavergonhado, que trata as pessoas como objetos.

Um humano que impede o contacto das pessoas de um país com as de outros países não é um humano, é um búfalo.

Kim Jong-un é um otário.
Kim Jong-un é um gordalhufo.

Um ser que brinca com mísseis como passatempo, que impede que os habitantes do seu país possam escolher a sua própria profissão, que estabelece um limite de penteados no seu país, que proíbe as mulheres de conduzir e que proíbe a utilização da internet é um ser inconsequente e um aldrabão.

Basta!

Kim Jong-un é um larápio.
Kim Jong-un é um pudim de banha.
Kim Jong un devia ter um enfarte.

E um conjunto de 25 milhões de pessoas não faz nada para acabar com isto? Então também não passam de um conjunto de imbecis, que só lhes falta uma trela, pois já vi cães mais inteligentes e menos obedientes que os habitantes da Coreia do Norte. Não passam de um bando de infelizes, pois não sabem o que é liberdade e independência.


Morra Kim Jong, morra!


Roberto Santos, 12ºE

MANIFESTO ANTICORRUPÇÃO




Basta de corrupção!

Quem aceita ser comandado pela corrupção não sabe o verdadeiro valor da vida.

Abaixo a corrupção!

A corrupção atrasa o desenvolvimento!
A corrupção mata a democracia!
A corrupção contamina a sociedade!

Chega de corrupção!

Com a corrupção o interesse pessoal ultrapassa o interesse comunitário.
Só consegue o que quer quem é corrupto.

Morram os corruptos! Morram!

Os corruptos são egoístas!
Os corruptos são imorais!
Os corruptos são desonestos!
Os corruptos são umas bestas!
Os corruptos são uns incompetentes!

Os corruptos só existem para provar que, para se ser reconhecido como competente, não é preciso ter competências.

A corrupção desmoraliza o mundo!




Cláudia Ribeiro 12ºE

Manifesto anti abandono de animais




Abaixo o abandono de animais!!!
“Abandono não combina com dono!!!”

Se não os podes cuidar não os adotes, se estás farto deles não os abandones como se fossem lixo, dá-os a alguém que os queira e que lhes saiba dar o valor que tu não soubeste dar, entrega-os a uma abrigo mas não os abandones.
Gostavas de ser deixado na rua sozinho? A passar fome, frio, a ser maltratado, com medo e assustado?
Eles também têm direitos, tal e qual tu!!!

Achas que eles não têm sentimentos? Achas que eles desistiriam de ti também? Ou se fartavam de ti?
Não te dá pena quando os abandonas?
Cada vez são mais frequentes os casos de abandono, ou porque os animais não são como as pessoas pensam, porque são feios, dão trabalho ou, simplesmente, porque estão fartos deles.

Pensem bem se há uma justificação válida para tal.
Porque é que as pessoas são tão egoístas, irresponsáveis, insensíveis, egocêntricas?

Este problema de hoje em dia, que se tem vindo a agravar (principalmente na época de férias), faz-me pensar qual é o rumo que a nossa sociedade está a levar.
Pergunto-me se é isto que queres para as gerações futuras, se é este o exemplo que queres dar.
Porque é que os tratas mal sem eles te fazerem mal algum?
Quando os abandonas ele são apenas vítimas nas tuas mãos, que não podem fazer nada para se defender.
Os animais não são brinquedos, não lhes faças a eles o que não gostavas que te fizessem a ti.
Tu que os abandonas não passas de um lixo da sociedade, que também deve ser deitado fora.

Só quero que te encontrem a ti, e aos outros que abandonam e abandonaram estes animais inocentes,  e sejais julgados e punidos por todo o mal que lhes fizeram.
Que a justiça seja feita!!!

O facto de fazeres o que fazes só mostra o monstro que és, devias sentir-te mal contigo próprio e teres vergonha na cara.

Abaixo o abandono de animais!!!
“Dono não rima com abandono!!!”



Catarina Abilheira, 12ºH





segunda-feira, 2 de outubro de 2017

MANIFESTO ANTI-TERRORISTAS



BASTA PUM BASTA! NÃO TEMOS MEDO!

UMA RELIGIÃO, QUE CONSENTE DEIXAR-SE REPRESENTAR POR TERRORITAS, É UMA RELIGIÃO QUE NUNCA O FOI! É UM COIO D’INDIGENTES DE ALMA, D’INDIGNOS E DE CEGOS! É UMA RESMA DE ASSASSINOS E DE VENDIDOS, E SÓ PODE PARIR SE TIVER UMA BARBA RÍGIDA COMO UMA PORRA DE UMA ESCOVA DE AÇO!

ABAIXO O ESTADO ISLÂMICO!
MORRAM OS TERRORISTAS, MORRAM! PIM!

UMA ORGIA DE TERRORISTAS É UM BANDO DE BÁRBAROS REPLETOS DE ÓDIO CONTRA AS OUTRAS RELIGIÕES!
UMA ORGIA DE TERRORISTAS É UMA ASSOCIAÇÃO DE PSICOPATAS QUE PRETENDEM ACABAR COM AS OUTRAS RAÇAS!
O ESTADO ISLÂMICO É DESUMANO!
O ESTADO ISLÂMICO É UM BANDO DE ORDINÁRIOS E RAFEIROS! É UM NINHO PARA TODAS AS RATAZANAS EXISTENTES NO MUNDO!
OS TERRORISTAS SABERÃO MATAR PESSOAS, SABERÃO COMPRAR GUERRAS, SABERÃO CONSTRUIR BOMBAS, SABERÃO RAPTAR CRIANÇAS INOCENTES, SABERÃO TUDO… MENOS DEFENDER A PORCARIA DA PAZ!
OS TERRORISTAS PERCEBEM TANTO DE BARBAS QUE ATÉ SE ESQUECEM QUE TÊM UM MATAGAL NA CARA!

OS TERRORISTAS SÃO EXTREMISTAS!
OS TERRORISTAS SÃO ESTÚPIDOS!
OS TERRORISTAS SÃO O HITLER COM BARBA!
MORRAM OS TERRORISTAS, MORRAM! PIM!
MORRA O ESTADO ISLÂMICO, MORRA! PIM!


Isabel Rodrigues, 12ºD


MANIFESTO ANTI-VIOLADORES



BASTA PUM BASTA!

COMO É QUE NÓS, EM PLENO SÉCULO XXI, DEIXAMOS QUE TARADOS SEXUAIS ABUSEM DE CRIANÇAS INOCENTES E INDEFESAS, DEIXANDO-AS COM MARCAS PARA O RESTO DA SUA VIDA, E SENDO,NO MÁXIMO, PUNIDOS COM UNS ANINHOS INSIGNIFICANTES DE CADEIA? PARA MIM, A ÚNICA SOLUÇÃO É EXTERMINAR ESSA RAÇA DE PREDADORES, QUE CAÇAM PRESAS DESPROTEGIDAS, ALVOS FÁCEIS!
ABAIXO ESSA LAIA DE COBARDES!

MORRAM OS VIOLADORES, MORRAM! PIM!

VIVEMOS NUMA SOCIEDADE, ONDE,PARA ESSES JOVENS DESPROTEGIDOS, O PERIGO ESPREITA EM CADA ESQUINA! ONDE PARA QUEM JÁ PASSOU POR UMA VIOLAÇÃO NÃO VIVE A VIDA AO MÁXIMO POR TER MEDO DE QUE ISSO SE VOLTE A REPETIR! TEMOS DE OS PROTEGER DESSE BANDO DE ANIMAIS! PORQUE É QUE NÃO SE METEM COM ALGUÉM DO VOSSO TAMANHO, SEUS PEDÓFILOS, EM VEZ DE SE APROVEITAREM DE MIÚDOS VULNERÁVEIS, QUE APENAS QUEREM SER FELIZES?

OS VIOLADORES SÃO UMA CAMBADA DE FRACOS!

OS VIOLADORES SÃO UMA ESPÉCIE QUE DEVIA ESTAR EXTINTA!

NÃO TÊM VERGONHA DE USAR ADOLESCENTES NA FLOR DA IDADE PARA VOSSO PRAZER?

VÊM AO MUNDO SÓ PARA CAUSAR SEQUELAS NA VIDA DAS SUAS VÍTIMAS! NÃO
 TÊM ESSE DIREITO! OS PEDÓFILOS NÃO MERECEM TER O PRIVILÉGIO DE VIVER! 
 
MORRAM OS VIOLADORES, MORRAM! PIM!


                                                                                        Ana Caridade, 12ºD


MANIFESTO ANTI-HOMOFOBIA



BASTA! PUM! BASTA! 

ABAIXO TODOS ELES! HOMOFÓBICOS! IRRACIONAIS! HIPÓCRITAS! 
ABAIXO TODOS OS IGNORANTES, ESTÚPIDOS E QUE VIVEM NO PASSADO! 
MORRAM TODOS! MORRAM! 

CHEGA DE FUNDAMENTAR UMA CULTURA FUNDADA NA OPRESSÃO! 
CHEGA DE DIRIGIR PALAVRAS ENRAIZADAS NO ÓDIO A ALGUÉM DEVIDO À SUA ORIENTAÇÃO SEXUAL! 
CHEGA DA HOMOFOBIA ENRAIZADA QUE A SOCIEDADE INSISTE EM CHAMAR OPINIÃO! 
CHEGA DE MENTALIDADES RETRÓGRADAS! 
CHEGA DA HOMOFOBIA QUE SE PROPAGA E CONTAMINA NESTE MUNDO! 
DOENÇA? 
DOENTES SÃO VOCÊS! CURA? E QUE TAL CURA PARA O VOSSO FANATISMO? 

BASTA! PUM! BASTA! 

NÃO AO RETROCESSO! 
NÃO À DESIGUALDADE! A IGUALDADE É O SENTIMENTO QUE NOS UNE! 
HOMOFOBIA É O INGREDIENTE PRINCIPAL DO TOTALITARISMO! 
HOMOFOBIA É CRIME! 

ABAIXO HOMOFOBIA! ABAIXO! 



Eduarda Araújo, 12ºB 


Manifesto em Favor dos Animais




     São muitas as barbaridades cometidas contra os animais, e felizmente são muitas as pessoas que também apelam por eles.
      Há como se fosse uma linha divisória entre os defensores e os torturadores. Tudo aquilo que choca a sociedade e produz uma dor tão violenta nos animais, deveria estabelecer uma norma como crime contra a sociedade.

      Nós, os defensores, temos de sofrer pela crueldade de pessoas sem escrúpulos, porquê? Porque é que os animais têm de suportar a tortura que lhes é imposta?

      A resposta está nas leis! As leis que precisam de ser revistas e aplicadas com todo o rigor. Precisamos de políticos mais conscientes! Temos de lutar por leis mais rígidas, e pela criação de Delegacias de Proteção aos Animais.

     Os animais têm de ser considerados uma parcela da sociedade, devem ser incluídos na nossa sociedade, tal como fazem parte da nossa humanidade.

     Faz parte da humanidade tratar e cuidar os animais, é algo que combina com a humanidade. E cada homem que maltrate um animal deve ser punido, sem mais tolerâncias! Esta simples normalização só demonstra que nos somos a regra e eles a exceção.
    
É o que a todos os legisladores, porque são eles apenas os que podem mudar as leis. Pede-se também a todas as autoridades constituídas que lutem pela criação de delegacias de Proteção aos Animais e a todas as associações de proteção que se movam por esta causa.
     


Beatriz Martins

12ºH 

MANIFESTO ANTI-HIPÓCRITAS E FALSOS



BASTA, PUM, BASTA!

Chega de viver num mundo rodeado de falsos sentimentos onde a hipocrisia e falsidade são família e andam lado a lado! Chega de uma geração que se deixa persuadir e que não sabe pensar por si!
Abaixo a geração!

MORRAM OS HIPÓCRITAS E OS FALSOS, MORRAM! PIM!

Detesto os falsos e os hipócritas! Gente sem valores e dignidade. São todos aldrabões, mestres da falsidade a reclamar pela verdade. São o maior perigo para a sociedade ainda sã desta doença infernal! Os hipócritas e os falsos reinam na sociedade nos dias de hoje. Os hipócritas e os falsos têm o mesmo efeito nas pessoas que a areia movediça: enterram e matam os seus valores, a sua dignidade e o seu carácter! São pessoas egocêntricas que se fazem passar por aquilo que não são.

MORRAM OS HIPÓCRITAS E OS FALSOS, MORRAM! PIM!

Hipócritas e falsos enrolam-se e prendem-se às pessoas. É impossível conviver com gente tão reles! Pessoas que apenas tentam agradar por interesse! Gente vazia que age conforme dita a situação! Não passam de meras marionetas comandadas por um outro alguém. Humanos que vivem e não sabem o que é viver!

MORRAM OS HIPÓCRITAS E OS FALSOS, MORRAM! PIM!

Quem será o maior parvo: quem é falso ou quem acredita e se deixa convencer pela falsidade? Pessoas repugnantes que se acham um diamante e não passam de um caco de vidro! São criaturas que se esforçam em crescer na vida utilizando armas fatais. Os hipócritas e os falsos são pessoas perigosas!

MORRAM OS HIPÓCRITAS E OS FALSOS, MORRAM! PIM!


Quero distância de tudo o que faz mal! Quero distância da mediocridade humana e da arrogância! Quero distância da inveja e da tristeza! Quero distância dos sentimentos mesquinhos! Quero distância dos hipócritas e dos falsos!

É tempo de arranjar a cura e tratamento para esta doença! É tempo de parar de brincar ao faz de conta e passar para a verdadeira ação! É tempo de ganhar valores! É tempo de deixar de ser guiado e saber o que é viver a vida em pleno!

MORRAM OS HIPÓCRITAS E OS FALSOS, MORRAM! PIM!

Inês Dantas, 12ºB

Manifesto Anti-Escola



Escola!

Uma das palavras mais poderosas e temidas pela população infantil e jovem de Portugal.
E porquê? Portugal é feito de pessoas complicadas, ora o ensino português, não seria todo ele, e cada vez mais, complicado? Ora, claro que sim!
Dando continuidade ao tema, não me manifesto com a intencionalidade de criticar essencialmente a minha escola. Se o fizesse, perderia algum tempo confesso, começando na secretaria pouco eficiente, no porteiro atrevido, nas paredes a descascar, na arca frigorífica que aquilo se torna no inverno… Ups! Acabei por o fazer.

Manifesto-me sim quanto ao sistema educacional português. Confesso que este tema me assusta bastante, devido ao facto das radicais alterações que se vão fazendo ao longo dos anos nos programas educacionais, como também o aumento da carga horaria entre outros.
Quatro provas de aferição para o segundo ano de escolaridade? Provas de física e química e ciências naturais para alunos do oitavo ano de escolaridade? Educação física a ser contabilizada para a média do secundário? Calculadora gráfica proibida nos exames de física e química? Conteúdos de ensino superior a serem lecionados nas aulas de matemática? O que se pretende com tudo isto? Educar sobredotados?
Querido Ministério da Educação, o vosso objetivo de evolução da inteligência, quiçá raça humana, não vai ser atingido por vós. Lamento, mas ainda existe a ordem natural das coisas, ou a natureza!
Deixando um pouco a ironia de lado, este assunto também me preocupa bastante devido ao ano letivo que passei. O meu lastimável décimo primeiro ano. E refletindo bem, todo o meu secundário. Mudança do programa de português e matemática, proibição da utilização da calculadora gráfica, entre outros… e a destruição de um sonho!
 Sonho esse que de certeza partilho com milhares de outros jovens. Medicina. Objetivo atingido por uns poucos, e quase que inalcançável, por outros. Por variadíssimos motivos, de entre eles, por exemplo devido a todas estas mudanças, há quem não as consegue gerir, o stress, o nervosismo e a ansiedade… gera desistência!
Ah, é verdade, para ser médico também é preciso saber em que ponto imaginário passa a linha imaginária que por sua vez está sobre uma circunferência imaginária, ou também fazer contas e resolver problemas com letras, porque os números já não se usam, é muito básico! E ainda os casos mais frustrantes, em que não se entrou para o curso de medicina por duas ou três décimas.

Isto é a minha geração. Geração aterrorizada com os exames nacionais, geração cujo futuro depende do décimo primeiro e décimo segundo anos.
Agora questiono-me como serão as gerações vindouras. Com provas de aferição desde o segundo ano e que dali para a frente serão obrigados a ser físicos, matemáticos, atletas, poetas, pintores e biólogos ao mesmo tempo.
Como será a exigência dos conteúdos a abordar daqui para a frente? Como é que os alunos vão conseguir gerir o stress e a ansiedade que os testes e os exames provocam?

Em suma, poder-me-ia alongar muito mais quanto ao meu desagrado pela organização e administração, quer do ensino português, quer do próprio País, mas não haveria linhas nem tempo suficiente para o fazer!
Caro Ministério da Educação, nem todos fomos feitos para sermos “sobredotados”, mas todos somos sonhadores, e fomos feitos para cumprir os nossos sonhos. Ou pelo menos tentar.


Alexandra Cunha, 12ºB




Manifesto Anti -Manifestos




Todos os dias se ouvem pessoas a manifestarem-se por tudo!
Da falta de tempo, do excesso de tempo, do sol, da chuva, do que têm, do que não têm, do vizinho antipático, do simpático…

Cansa ouvir estas pessoas…

Manifestam-se contra a falta de tempo, mas esquecem-se de “desparasitar” o seu tempo!
Lamentam-se que está sol ou chuva, mas não pensam na razão de tal acontecer!
Queixam-se de nada ter, mas nada ambicionam!
Criticam o vizinho antipático, mas simplesmente não lhe dão “bom dia”!

Para estas pessoas manifestar / queixar / criticar torna-se num hábito…

Enquanto isso esquecem-se de ser felizes!...

BASTA!

Acham que não têm tempo, ORGANIZEM-NO!
Têm tempo a mais, OCUMPEM-NO a fazer o bem!
Têm muito, PARTILHEM!
Têm pouco, TRABALHEM!

BASTA!

Deixem-se de manifestos e sejam simplesmente FELIZES!!!


Guilherme Pereira, 12ºB



Manifesto Anti-Violência


Manifesto anti-violência


            Os agressores são animais.
            Os agressores assassinam ou um corpo, ou uma alma.
            A violência é "apenas" um ritual de tribos de ignorantes.
            Quem comete violência não é mais do que um corpo sujo.
            Porém, a violência é motivo de alegria por diversas esplanadas. Pois não são os agressores seres com um sentido de humor muito fraco? São. O agressor sente-se superior a todos os outros seres. A sua "superioridade" não o deveria deixar passar algumas portas.
            O agressor é feio e inútil.
            Os agressores deveriam ser abandonados num deserto, totalmente inabitado, para que fossem excluídos da sociedade.
            Contudo, a sociedade, que assiste a todo o espetáculo medieval que se passa em muitas casas portuguesas, afirma que a culpa é de quem sobre violência. De acordo com muitos apoiantes desta prática, o agressor tem alguma razão: o álcool, o futebol, o jantar cozinhado pela vítima... A primeira é já uma desculpa básica, sendo que é a que mais me envergonha! Os agressores são, inúmeras vezes, fãs de bebidas inapropriadas à sua condição mental, que os deixa ainda mais perturbados. Como a sociedade não se deparou com este tipo de estatísticas, ainda não existem nos rótulos da cerveja efeitos secundários, ou avisos do género: "em excesso, pode levar à morte de um individuo, vítima de violência".
            E o país apoia os agressores, e essa é a maior vergonha portuguesa.
            Portugal não crescerá enquanto não pensar, enquanto todos os assuntos forem refletidos a partir da violência.
            O Homem não tem o direito de tirar a vida a outro. Muito menos o dever de o fazer. Os humanos são parte da Natureza, e a morte deve ser algo natural.
            Todos aqueles que violentam mulheres, crianças, homens e animais, não deveriam de ter o direito de se considerarem humanos.

            Os agressores são a ditadura: furtam a liberdade, a dignidade, o direito de expressão e até a vida.


Gilda Costa, 12º B

Manifesto Anti-Violência no Namoro



BASTA PUM, BASTA!!

Não à violência!
Não aos maus tratos!
Não à falta de mentalidade desta sociedade parva!
Se a tua namora te bate, se o teu namorado te humilha, se controla as tuas mensagens de telemóvel, se te afasta dos teus amigos, se goza com as tuas opiniões...
Isso não é amor! É VIOLÊNCIA!
MORRA VIOLÊNCIA MORRA, PUM!!

Se te faz cenas de ciúmes, se ignora as tuas vontades e as tuas decisões, se exige saber a tua password, se controla o que tu vestes, se te obriga a fazer o que não queres.
Isso não é amor! É VIOLÊNCIA!
MORRA VIOLÊNCIA MORRA, PUM!!

Se te diz que os ciúmes são amor, se te diz que te bate porque se descontrola, se te diz que te insulta porque provocas, se faz sentir que a culpa é tua, então é um completo idiota.
Basta de covardias.
Basta de teres receio de contar a verdade.
BASTA !!!
Já está na hora de mudar.

MORRA VIOLÊNCIA MORRA, PUM!!


Hugo Costa, 12ºD

Manifesto anti-tourada



por

Susana Marisa Simões Ramos
-
Aluna da escola Secundária de Barcelos

Visionária e Revoltada 

Estes serezinhos ingénuos, que ainda aprovam e são a favor das touradas, são criaturas perdidas e retrógradas. NÃO são seres dignos de pisar o mesmo solo que eu, respirar o mesmo ar que eu e de habitar o mesmo planeta que eu.

Morram as touradas, morram! Pimm! 

Cruéis!
Imbecis!
Idiotas!
Egoístas, são aqueles que fazem um animal sofrer para o próprio entretenimento.
Parvos… aqueles que assistem.
Parvos… aqueles que aplaudem.
Parvos… aqueles que pagam.

AÍÍÍÍ…!!! E AQUELES QUE LHES CAUSAM TODA AQUELA DOR???
Esses toureiros vaidosos e cobardes,
Com o nariz empinado,
Todos emproados e pipis,
Achando-se os reis do circo,

IDIOTAS!!!!

Morram as touradas, morram! Pimm! 

Esta palhaçada toda ainda podia ficar entre aquela arena da morte…


MAS NÃO!!!
Toda a cidade, todo o país, todo o continente, todo o mundo, tem de ver e aplaudir.
Desde já agradeço profundamente à televisão, por nos proporcionar estes maravilhosos momentos, em horário nobre, para toda a família poder assistir, a esta festa e diversão a que chamam touradas.
OBRIGADA!!!!

Morram as touradas, morram! Pimm!

MANIFESTO ANTI-PERDÃO



BASTA PUM BASTA!

UMA SOCIEDADE, QUE CONSENTE DEIXAR-SE REPRESENTAR PELO PERDÃO É UMA SOCIEDADE QUE NUNCA O FOI! É UM COIO D’INDIGENTES, D’INDIGNOS, DE CEGOS E PECADORES! É UMA RESMA DE PECADORES E DE VENDIDOS E SÓ PODE PARIR SE PECAR E MALTRATAR!

ABAIXO A SOCIEDADE!
MORRA O PERDÃO, MORRA!
PIM!

UMA SOCIEDADE COM O PERDÃO É UM POVO PECADOR!
UMA SOCIEDADE COM O PERDÃO É UM MUNDO DE CORRUPÇÃO!
UMA SOCIEDADE DO DESCULPA É UMA CAMBADA DE ORDINÁRIOS E CHULOS APOIANDO O CRIME!

O PERDÃO SABERÁ MATAR PESSOAS, SABERÁ RAPTAR CRIANÇAS, SABERÁ VIOLAR JOVENS FRÁGEIS AINDA A CONHECER O MUNDO, SABERÁ CRIAR MAIS CRIME COM UM SÓ PERDÃO!

O PERDÃO PERCEBE TANTO DE INOCÊNCIA QUE, PARA SER USADO, TEM QUE HAVER OU EXISTIR UM ERRO, UM CRIME, UMA FALTA DE EDUCAÇÃO ANTES!
UMA SOCIEDADE QUE SAIBA DIZER PERDÃO É UM POVO CRIMINOSO COM MUITAS MÁS INTENÇÕES!

O PERDÃO É RACISTA!
O PERDÃO É PESSOAS DE PISTOLA NA MÃO!
UMA SOCIEDADE DO DESCULPA É UM POVO DE VIOLÊNCIA!

O PERDÃO FOI ENSINADO POR DEUS OU O SEU FILHO PARA QUE OS CRIMINOSOS NÃO FOSSEM CASTIGADOS E FOSSEM PERDOADOS DOS SEUS ERROS, COISA QUE O LEVOU À MORTE! TERÁ SIDO DEUS A CRIAR OS ASSASSINOS?

MORRA O PERDÃO, MORRA!
PIM!
MORRA A SOCIEDADE DO DESCULPA, MORRA!
PIM!
MORRA A LAMENTAÇÃO, MORRA!
PIM!


Tiago Moreira 12ºD