sexta-feira, 16 de maio de 2008

365 dias de enjoo


Um ano depois e nada se sabe sobre o paradeiro de Madeleine McCann e, provavelmente, não se saberá. Sabe-se hoje tanto como no primeiro dia: nada, a única “notícia” é que passou um ano. No entanto, a comunicação social voltou à praia da Luz… voltou ao teatro!
Será que toda a “sorte” desta família se deve ao facto de serem ingleses, e de alta classe social? Bem… se voltarmos uns anos atrás, recordamo-nos do desaparecimento de Rui Pedro. A mãe deste não teve acessores de imprensa nem tão pouco era amiga do primeiro-ministro.
Assim, esta história tornou-se um teatro a que todos assistimos. Fomos “obrigados” a conhecer a intimidade de uma família, que de heroína passou a culpada!
Este é dos tais casos que deviam unir as pessoas para que futuros casos não acontecessem, mas não passa de uma utopia. Na verdade, o que se passou foi um sem número de “insultos” à P.J por parte dos ingleses! E o que dizer, à ignorância, da maior parte dos portugueses, que julgavam tratar-se de uma questão cultural? [?]
Se formos minimamente racionais apercebemo-nos que se trata de negligência. Se a lei se fizesse cumprir, o casal ficava sem os outros filhos, a verdade é que não ficou! Ninguém sabe porquê, talvez por serem ingleses!



Cátia Patrícia, 11º E

1 comentário:

Sofia disse...

tns td a razão....estas incógintas todas já metem mesmo "enjoo"...:P