domingo, 28 de outubro de 2007

Vivemos em Democracia? Não sabia…


Há tempos li uma notícia que me deixou francamente indignada. Não é que um professor da Direcção Regional de Educação do Norte (DREN), foi suspenso das suas funções e, como se não bastasse, foi ainda processado pelo simples facto de contar uma piada sobre o nosso “inatacável” e “irrepreensível” primeiro–ministro, José Sócrates!?
Desde que nasci, sempre ouvi dizer que vivia numa democracia e não numa ditadura. Contudo, não é o que me parece. Será possível que um professor, como qualquer outro cidadão no seu pleno direito democrático, não possa contar uma piada sobre o primeiro–ministro, sem que a impecável Directora Regional vá, de imediato, “fazer queixinhas”? Pelo que li, o citado professor, terá contado a “célebre” piada sobre alicenciatura de José Sócrates, na Universidade Independente, numa conversa particular. Agora pergunto: Quantos portugueses não fazem o mesmo nas suas casas ou em conversas mais privadas, com amigos, colegas de trabalho, ou alguns, até em ambientes bem públicos? Se todos tivessem o mesmo sentido de humor da “exemplar” Directora Regional, certamente metade dos portugueses seriam alvo de dezenas de processos.
Um dos factos que não me deixou de impressionar, foi o silêncio do primeiro-ministro, José Sócrates, e da nossa “reverenciada” Ministra da Educação, o que me fez, de imediato, lembrar aquele famoso ditado popular: «Quem cala, consente!». É que, apesar da piada ser dirigida ao primeiro–ministro, este como suposto defensor de um sistema democrático deveria, certamente, adoptar uma atitude crítica face à “ridícula” queixa da Directora Regional de um professor que “supostamente” vive numa democracia e tem todo o direito de expressar livremente a sua opinião, sobre o «mais comum dos mortais», ou sobre primeiro-ministro, José Sócrates.


Ana Isabel do Vale Faria Macedo, 11.º E

8 comentários:

Fátima Inácio Gomes disse...

Viva, Isabel! Pois bem... está muito em redigido, com bom sentido crítico e discurso adequado.
Falha é num ponto essencial... serve como crónica, distancia-se do artigo crítico pois não avalia uma "manifestação de arte".
Mas fostei muito da tua abordagem e do teu estilo ;-)

Cláudia disse...

eu cá tinha mais cuidadinho...eles andam aí.

Li disse...

ainda apareces a boiar no rio cávado...

Faria disse...

ainda vem a ai a secreta do Sr. engenheiro? primeiro ministro José Socrates

Fátima Inácio Gomes disse...

shhhhhhh! aqui ninguém nos ouve.... shhhhhhh!
:D

Nuno_Areia disse...

- Eles andam aí?!?!?!? Eles vêm aí!!! Tirem-me daqui!!! Tirem-me daqui!!!
.
.
.
- Buahahahaha
Man down... Man down...


(dsclpem)

Gwen disse...

xiu... uma ova!!! :D

Pois eu gostei muito de ler e é assim mesmo que se fala!!! :D Ah grande blog da Língua Portuguesa, quem fala assim não ´é gago :D PARABÈNS ;) Precisamos é de mais pessoas a falarem as verdades... E MAI NADA!!!! :D

Parabéns a todos pelo excelente trabalho :)

Tiago Nené disse...

Gostei:)

gostava mt q participassem no Blogue das Artes, sociedade de bloggers.

Façam-se sócios. Leiam os estatutos!

Juntem-te a nos, cresçam connosco!

www.bloguedasartes.blogspot.com