terça-feira, 9 de outubro de 2007

DE VOLTA AO MUNDO!






Este álbum chamado “Sólida Oportunidade de Mudança” (S.O.M.) editado em 2006 pelo artista português, Mundo, elemento do grupo de hip-hop português, Dealema, é o seu primeiro Projecto a solo. Um álbum que inclui as participações de outros grandes nomes do nosso hip-hop, Rato e Samura, Ana, Chaz, Ace, Ex-pião, Berna, Maze, Né, Barraco 27, Ridículo, Fuse e também com as participações dos Mc's espanhóis El Puto Coke e Woyza.
É um álbum com 17 faixas, todas elas de grande importância. Com beats de grande qualidade, igualo sem medo, nas suas 5 estrelas, é claro, este álbum com o álbum de Sam The Kid (Pratica-mente) com a mais valia da força do sotaque nortenho que faz soar a palavra revolução bem longe.
Neste álbum consegue-se sentir a adrenalina dos subúrbios de Vila Nova de Gaia.
É um protesto contra a hipocrisia, o cinismo, contra o sistema e contra as diferenças sociais que crescem cada vez mais no nosso país.
Este, é um bom álbum para adquirir alguns princípios, para despertar algumas mentes fúteis, e para abrir alguns olhos cegos ou iludidos com a nossa sociedade.



Ana Catarina Bessa
Nº 1 11º E

5 comentários:

Fátima Inácio Gomes disse...

Muito bom, Catarina! Simples, mas absolutamente eficaz. É um verdadeiro "artigo crítico". MUITO BOM mesmo! ;-)

sLiP disse...

obrigado sora :)
é um tema que eu gosto e percebo..

aconselho a toda a gente!! eheh

o hip hop tem muito que se lhe diga!

para quem quiser : http://www.youtube.com/watch?v=cat-tWMvVAA

é a musica mais conhecida dele..
mas tem outras bem melhores :)

Paz*

Fátima Inácio Gomes disse...

:D Apesar dos pesares, admito que o hip-hop "tem muito que se lhe diga"... em geral, eu digo mal! ehehe
A sério... não aprecio, porque não está na minha natureza musical. Mas sei o suficiente para entender que esse género deve ser dos mais vitimizados relativamente à catupa de porcaria que saiu... creio que o espírito inicial se perverteu, especialmente, graças aos norte-americanos... acredito que haverá coisas boas, ainda. Quando bom, o hip-hop faz um grande trabalho a nível das letras e eu valorizo isso.
Do género, apenas ressalvo o Pensador, de há uns anos atrás... o puto Sam - abomino...mas isso já é outra história! ;)

slip disse...

O problema é que muitos Mc's começam com certos ideais..
e depois vendem nos..

embora no inicio da sua carreira até façam musica a dizer mal desses vendidos!

do hip hop americano Deus me livre! ehehe

gosto do portugues, e de algum é claro.
Identifico-me porque ouço aquilo que vejo muitas vezes no dia-a-dia.
e isso faz me sentir bem..

na adolescencia é fixe porque passam-nos aquelas ideias de que somos seres incompreendidos lolol

mas isso é subjectivo , cada um se identifica com aquilo que gosta.

O sam o sam.. antigamente é q ele sabia..
agora mudou muito.. embora ainda ouça algumas musicas dele já nao é o que era!

mas enfim, melhores talentos vao vindo e eu tenho é de tar em cima ehehe

:)

mariana cassama disse...

é isso slip mais nada!eheheheeh!gostei muito do teu argumento critico!