sexta-feira, 19 de outubro de 2007

O amontoado de chamadas de um estranho




O realizador dos bastante aceitáveis filmes Tom Raider e Con Air, Simon West, estraga a sua mini-reputação, aventurando-se no “difícil de satisfazer” género de Terror. Lança, então, “When a Stranger Call” (chamada de um estranho), com a medíocre, irrisória, mas bonita, Camilla Belle, que tenta protagonizar uma indefesa adolescente com implantes mamários.

Este filme é mais uma das tentativas fracassadas de plágio de “Screen”, onde uma simples adolescente tem problemas em pagar as contas de telemóvel (pois a seguir a ter bateria no telemóvel, este é o segundo problema dos adolescentes), emprega assim o cargo de tomar conta de duas crianças, para saldar assim as suas inúmeras despesas. Ao longo dos primeiros 20 longos e estafantes minutos do filme, o protagonista (telefone) entra em acção de 30 em 30 segundos, tornando assim o filme mais expectante para os assistentes de linhas telefónicas. Contudo, surpreendentemente, durante os seguintes 30 minutos, a acção está ao rubro, o telefone começa a tocar de 20 em 20 segundos, recebendo a adolescente ameaças e indicações contínuas. Admiravelmente, inicia-se o que não se esperava, um sucessivo jogo do gato e do rato, com um rato bonito e com implantação mamária [???]. Enfim, no meio desta bola de neve de clichés, servirá de consolo a majestosa e magnífica habitação onde se desenrola a “acção”, que é um regalo para os nossos olhos. Aconselho então, quem gosta de assistir e/ou ter uma boa conversa ao telefone e que esteja a pensar em construir uma habitação, a ver este esplendoroso e magnifico “filme”.


Luis Loureiro, 11ºB

2 comentários:

Fátima Inácio Gomes disse...

Vejamos... o título não está muito revelador... e o teu ensaio de picardia deixa algo a desejar... fora isso, PERFEITO!
Discurso de qualidade, apurado sentido crítico, estrutura do artigo de acordo o estudado...Muito Bom! Parabéns. :D

Marta disse...

Um filme assim tão mau deu para escrever uma crítica tão boa!
Numa palavra: excelent! :D
Eu não sou fã desse género de filmes mas até me deu vontade de ver para comprovar as críticas todas que tu fazes!O realizador a esta altura deve estar furioso contigo!Já arruinaste a carreira dele!
Muitos Parabéns!! :P

HA HA!