sexta-feira, 6 de junho de 2008

Ai os meus ouvidos!




Boa noite professora e frequentes leitores deste nosso estimado blog, e pode ser boa noite também, para os que não o frequentam. Estive a pensar no que ia fazer para este trabalhinho de português, esta carícia a este blog, quando me deu a vontade de fazer algo interessante e produtivo sobre… a música.
Para começar vou retirar as “ervas daninhas” que estão na vossa cabeça sobre este assunto. A música o que é? É o que temos no mp3 e telemóveis que tentamos acompanhar? Por acaso não, todos demos em Iniciação Música, no 5º e 6º ano de escolaridade, que a música é um conjunto de notas musicais complexamente escritas e ordenadas, acompanhadas com uma letra para mostrar e passar o sentimento que estamos a sentir e queremos passar.
Ultimamente, tem-me chegado aos ouvidos que as maiores lacunas musicais portuguesas, vão e já estiveram, no Rock in Rio. Acho que o actual concerto devia mudar de nome, porque, não fazia ideia que a banda Rock com mais sucesso, actualmente, tirando o avô cantigas com a êxito “fantasminha brincalhão”, eram as Just Girls. Quem melhor para representar o nosso país à beira de grandes bandas como Linkin Park e Metallica, do que as Just Girls? Mas podemos pôr a hipótese de que as outras bandas as querem lá, mas não é para cantar, é só para conhecer novas culturas e outros horizontes com a mistura de experiências. No meu ponto de vista é tão mau como pôr o Tony Carreira a representar a selecção.
Caros amigos, deixo-vos o apelo para que juntos combatamos esta falta de cultura que nos define, portugueses, e passemos a cuidar do próximo Rock/Freestyle in Rio, antes que ele se farte das garrafas de vinho da Amy Winehouse* (só o nome diz muita coisa, quanto mais o estômago), a sujar-lhe o palco.



*Winehouse – casa do vinho



João Paulo Nascimento, 11ºA

2 comentários:

Question Mark disse...

Quero os Ornatos (A)

Cláudia disse...

é bem...