segunda-feira, 13 de novembro de 2006

Favores em Cadeia

Vou abrir eu as hostilidades! E faço-o para vos contar do filme que vi ontem, Favores em Cadeia, de Mimi Leder. Não sei se o viram também (já deviam era estar na caminha... e eu deveria ter estado a corrigir testes... mas, perdi-me!!! ooops)... apesar de ser a segunda vez, não deixei de me comover. Além das belíssimas interpretações dos actores (aquele miúdo, Haley Osment, é um talento!), foi a mensagem que me tocou... e o fim, onde chorei, mais uma vez, baba e ranho - que querem?!... eu sou uma lamechas! ;-)

Já pensaram como, de facto, embora não tenhamos a capacidade de mudar o mundo, podemos sempre mudar o mundo de alguém?... a vida é feita de pequenas coisas que, por vezes, à força de olharmos só para as grandes, passam desapercebidas. Talvez seja altura de acarinharmos os pequenos gestos...

E vocês? Acreditam que poderiam mudar alguma coisa com algo do tipo de "Favores em Cadeia"?

Nota - para quem não conhece o filme - a história é simples: um miúdo de doze anos resolve desenvolver um projecto para a escola, a pedido do professor - pensa, então, nos Favores em Cadeia; ele faz um favor a três pessoas (algo grande, significativo, por exemplo, ajudar um toxicodependente a reabilitar-se) e cada uma dessas pessoas terá depois de fazer outro "favor" a outras três pessoas e por aí fora - e o movimento cresceu, sem que ninguém o controlasse... (se quiserem saber mais... vejam o filme! :P)

3 comentários:

Anónimo disse...

Olá stôra, já vi esse filme e é muito giro é pena que o menino morrre no final a tentar a ajudar um amigo.Ah!!! A ideia do blog é muito engraçada:)

Emília 10ºB

soraia disse...

oi, sem duvida alguma podemos não mudar o mundo mas podemos mudar o mundo de alguem, e com isso, mudando o mundo de alguem, estamos ao mesmo tempo a mudar todo o mundo...
sem duvida parece ser um filme interessante, e que eu acho k gostarei de o ver...
Liliana Ferreira 10ºC

Fátima Inácio Gomes disse...

Ora, não percas a oportunidade! É um bom filme, sim, e com óptimos actores!